23 junho 2010

SOU

Sou espaço em ti que não sabes preenchido
Sou sombra de sol a pique num dia inventado
Sou braços em cadeado num abraço perdido
Sou luz que se nega num candeeiro apagado.
És verdade ao contrário num universo invisível
És pó de ser que chuva e mar não sabem lavar
És um resto de vida, uma verdade impossível
Poderosa conjugação do meu verbo amar.

2 comentários:

PÉTALA disse...

G
Posso conjugar o verbo G...?
Eu GOSTO de GOSTAR das GARATUJAS GOSTOSAS da G...!!!
Aromas Gulosos de
PÉTALA

G... disse...

PÉTALA:
gosto do teu gostar das garatujas gostosas da G!