12 maio 2010

AMIGO





Hoje perdi um amigo.
Procurei-o, não encontrei!
Trago-o sempre comigo….
Onde o deixei?
Não está no sítio.
Deito-lhe a mão
Sinto-lhe o vazio
Ai, que solidão!
Hoje perdi um amigo.
Deixei-o cair, deixei-o ficar.
Choro, mas digo para comigo:
Sossega. Deixa-te achar…


12 Maio 2010

6 comentários:

PÉTALA disse...

G
Um verdadeiro amigo nunca se perde
Fica-nos sempre tudo... até a recordação derramada numa lágrima...

Aromas de
PÉTALA

G... disse...

Pétala: é nessa lágrima que está o meu amigo...
Obrigada!

Beijnhos

cristal disse...

G...

Deixo-te O MEU ABRAÇO e beijinhos...muitos!

António MR Martins disse...

Goreti,

A melancolia num lindo poema.
O reencontro será inolvidável.
Beijinho

Filó disse...

Desejo que encontres esse teu amigo, pois nada somos sem os nossos verdadeiros amigos..

Um beijinho amigo

G... disse...

Filó, António, Cristal:
Bem hajam, amigos!
Bastava-me que o reencontro fosse rápido. Que um amigo é sempre um tesouro.
Beijinhos