06 maio 2010

MEMOGRAFA-ME

Fecha os olhos, esquece o tempo. Dá-me a mão em abraço neste momento. Segue-me o sangue nas veias e gira em mim, no turbilhão, no mar que me inunda o coração. Faz-te sinapse, faz-te consciente, pensa por mim só um pouquinho. Daqui a pouco, chega um sonho no autocarro da meia-noite. E leva-te ao meu lado dormente, por detrás das falésias do medo e do precipício do desconhecido. Com máquina memográfica, tira-me fotografias. À alma, que acorda quando te sente os passos chegar. Usa o flash, que tenho o espírito em contra-luz. Memografa-me, no reverso das tuas pálpebras. Para que me vejas mesmo a dormir. Revela-me na derme, sob a epiderme, para me mostrares do avesso.
Que eu sou Luz, mas sou do contra. Oposto do Céu, Sombra do Sol. Mar em seca permanente, Rio sem margens, Lago sem espelho. Superfície plana em sobressalto, corda tensa, nota pendente do teu toque na minha pele para se soltar música e encanto.
Fecha os olhos, esquece o tempo. Dá-me a tua vida em nós, neste momento. Leva-me girando na tua corrente, vermelha de vida nas tuas veias. Tão plena de nós no corpo que criamos na distância, com pedaços de imaginação colados com cola de paixão e de amor no turbilhão.
Tempo: não te lembres de nós…..
06 Maio 2010




7 comentários:

Maria disse...

Que o tempo te consiga ler...

Beijo.

G... disse...

Maria: às vezes lê...
E às vezes não é já tão maravilhoso?
Beijo

António MR Martins disse...

Goreti,

Esta intensa prosa poética tem a particularidade de nos fazer sonhar (por isso o fecho dos olhos), mas também nos faz ter a sensação ficcionada de podermos voar. É muito lindo e aqui se descobre a tua qualidade intrínseca para a escrita em geral.
Gostei completamente (se assim se poderá dizer...).
Beijinho

Anônimo disse...

olá g...

gosto do teu lado apaixonado de escrita.
gosto de te ler.

T....

mariam disse...

G...

mesmo que não dês por mim... posso acompanhar-te nessa viagem?

bela escrita poética. tão tua. :)

bom fim-de-semana
um sorriso meu :)
mariam


nota: hoje com tempo, coloquei a leitura em dia. Parabéns! estás imparável :)

G... disse...

Mariam:
Podes SEMPRE, acompanhar-me nestas viagens. Se isso te fizer feliz!
Obrigada pela spalavras, amiga!
Mil estrelas, em constelação, para alindar o teu céu esa noite!

G... disse...

Anónimo:
Pois.... ainda bem!
Um dia descubro quem és?...
G...