15 abril 2010

feliz EM TI!

Ontem estiveste aqui. No meu leito, desfeito em mim, no meu peito.
Deixaste-me a mão em concha, cálice eterno de amor.
Gostas de mim? Ainda gostas de mim?
Ontem foste açúcar líquido, caramelo quente, pleno e doce na minha boca.
Deixaste-me beijos em caixa, bombons de gula desmedida.
Ainda gostas de mim? Gostas de mim?
Ontem floriste em todas as árvores dos jardins, explosão de cor e aromas.
Deixaste-me pólen na pele e cheiro de paixão na alma
Gostas de mim? Ainda gostas de mim?
Ontem deixaste-te líquido em mim, rasto molhado de rio na corrente que me leva.
Deixaste-me caminhos, para além dos criados pela natureza.
Ainda gostas de mim? Gostas de mim?

Ontem. Fui feliz. EM TI!


Sabes que sim. Que no teu leito há um lago tão grande que se vê do céu. Para assim ser eterno e ficar.
Sabes que sim. Que na tua boca há um lago tão doce que se cola na pele. Para ser reflexo de amor em cada olhar.
Sabes que sim. Que em todos os jardins há um lago tão colorido como um desenho. Para assim ser lágrima de entrar em nós para nos inundar.
Sabes que sim. Que em ti, linda linda, há um lago que brilha no sorriso das tuas mãos. Para assim ser pele que se dá de tanto ser lago e amar.

Amanhã. Quero ser feliz. EM TI!


6 comentários:

Maria disse...

A intensidade com que escreves faz acreditar que serás feliz. Sim! Amanhã, também...

Obrigada por teres mudado a caixa de comentários...

Um beijo.

Filó disse...

Que sejas realmente FELIZ....com os outros, e com quem amas!
Bonita foto

Um beijinho amigo

Mar Arável disse...

Tudo muito belo

em ti

G... disse...

Maria:
Mudei,claro!!!
Obrigada pelas palavras. E por ter lido as minhas, os meus «desabafos». .
É uma honra.
:-)

Um beijinho

G... disse...

Filó: sabes oque penso sobre a FELICIDADE?
Está na nossa mão.
Só não podemos ter as mãos sempre abertas...
Muitos teimam em tê-las crispadas, fechadas em pedra. Pena...
E somos felizes ontem e amanhã. Raramente conseguimos ser felizes hoje...
Um grande beijinho, amiga.
Grande e FELIZ - AGORA

G... disse...

Mar Arável:
Obrigada!
E emudeci.

AQUI